Já está disponível o Relatório Em direção ao desenvolvimento sustentável – agir para não deixar ninguém para trás! que dá conta dos resultados da Consulta Pública sobre a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em Portugal.

Este foi um processo construído e implementado por um conjunto de Plataformas e Redes da Sociedade Civil portuguesa, entre as quais a Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres, com vista a produzir um contributo estruturado comum das organizações que integram essas estruturas e, simultaneamente, influenciar a definição da Estratégia Nacional para a Implementação dos ODS, dando voz às aspirações e expetativas da Sociedade Civil relativamente à implementação da Agenda 2030 em Portugal.

O relatório apresenta de forma breve o processo de consulta, sublinhando os principais contributos para a ação e recomendações que dele emanaram e que servirão de base para o diálogo político com as entidades do Estado responsáveis pela coordenação global e setorial dos ODS em Portugal.

A divulgação deste relatório aconteceu a 19 de abril de 2017, no Auditório António de Almeida Santos, e contou com a participação de vários membros da comissão organizadora da consulta pública (Pedro Pereira Leite, CES; Tânia Gaspar, ANIMAR; Pedro Krupenski, Plataforma de ONGD; Maria João Botelho, Federação A Minha Terra; Alexandra Silva, PpDM; Américo Monteiro, CGTP-IN; Diogo Cúmano, CNJ) bem como da Secretária de Estado para os Negócios Estrangeiros e Cooperação – Teresa Ribeiro, Diretora da UNRIC – Deborah Seward, Mário Parra da Silva – Network Representative da UN Global Compact Portugal, Mónica Vilarinho – Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento, e representantes dos grupos parlamentares: Paula Santos (PCP), Rui Riso (PS),  António Costa Silva (PSD), Jorge Costa (BE) e Dulce Arrojado (PEV).