Observatório Contra a Violência do LEM

Documentos de referência:

Violência contra mulheres exige tolerância zero

O Observatório da Violência Contra as Mulheres do Lobby Europeu de Mulheres reúne, actualmente, especialistas de 30 países, nomeadas pelas coordenações nacionais do Lobby Europeu de Mulheres, tendo sido a representante portuguesa efectiva entre 2010 e 2016 Maria Sherman Macedo da AMCV, e a representante entre 2017 e 2019 Isabel Ventura da APEM e Associação de Mulheres Sem Fronteiras.

Tem como principais funções a criação e o reforço das redes de intervenientes na área da violência contra as mulheres, a análise crítica dos avanços e recuos das políticas locais, regionais, nacionais e ao nível da União Europeia, assim como promover campanhas que defendam uma tolerância zero face à violência contra as mulheres.

Atividades:

2019

Violência sexualizada contra as mulheres: contextos e ferramentas de prevenção e de proteção [Leiria]

No início deste ano, Isabel Ventura participou na sessão informativa sobre violência sexualizada contra as mulheres, no âmbito do projeto Feminismos no Centro, onde apresentou uma comunicação sobre “#HerNetHerRights: ferramentas de prevenção e proteção à violência sexualizada online, no âmbito do projeto Feminismos no Centro.”

2018

“Image-based sexual abuse: where do we stand?” [Estrasburgo]

Isabel Ventura participou na audição do Conselho da Europa sobre Discursos de ódio sexista, organizada pela Parliamentary Network Women Free From Violence e pela No Hate Parliamentary Alliance.

Violencia de género, redes y ciberacoso [Madrid]

Em junho, Isabel Ventura participou no encontro organizado pela Comisión para la investigación de malos tratos a mujeres, onde fui apresentar os resultados da primeira fase do projeto #HerNetHerRights.

Working Hub – Custody rights and visitation

Constituído pelas peritas italiana, maltesa, holandesa, grega e portuguesa, este grupo visa fazer um levantamento das potenciais ameaças da obrigatoriedade da guarda partilhada após divórcio ou separação; da imposição da mediação familiar nas mesmas condições; dos assassinatos ou potencial violência contra as mulheres e crianças durante as visitas; as condições dos centros de visita; bem como da problemática da chamada alienação parental e da necessidade de formação dos e das profissionais relativamente aos potenciais perigos da obrigatoriedade da guarda partilhada e visitas.

2017

Loud and United to end violence against women and girls

Celebração do 20.º aniversário do OVAW + Reunião do Observatório [Bruxelas]

Para a celebração do 20.º aniversário do Observatório da Violência contra as Mulheres, o Lobby organizou dois painéis de oradoras e convidou Gloria Steinem como oradora principal. Este foi ainda o dia em que as mulheres foram para a rua gritar Loud & United contra a violência, no âmbito do projeto com o mesmo nome.

#HerNetHerRights [online]

O Lobby promoveu um estudo sobre violência contra as mulheres no ciberespaço, financiado pela Google. A 13 de outubro decorreu uma conferência online com a participação de diversas académicas e ativistas. Isabel Ventura participou em representação do OVAW.

Empowerment of Women and Girls & Addressing the Digital violence against women. [Bruxelas]

Conferência organizada pela Presidência Europeia da Estónia em Bruxelas. Isabel Ventura representou o OVAW, divulgando os principais resultados do estudo #HerNetHerRights e refletindo sobre os principais desafios suscitados pela ciberviolência.

EWL CoE Loud & United [Bruxelas]

Conferência organizada no âmbito do projeto Loud&United, que contou com dois painéis, cujo objetivo era partilhar informação e debater o papel da Convenção de Istambul no combate à violência contra as mulheres. Isabel Ventura foi moderadora do primeiro painel de oradoras sob o tema: “Highlights on the standards and the implementation of the Istanbul Convention at national and EU level”

O direito a viver sem violência: o que falta fazer em Portugal [Portugal]

A AMCV organizou um seminário dedicado ao tema “O direito a viver sem violência: o que falta fazer em Portugal”, no âmbito da campanha Step Up!

2016

CEDAW4ALL: follow-up e recomendações gerais [Lisboa]

Participação em conferência com comunicação sobre apresentação do Observatório da violência contra as mulheres e das suas actividades.

Ending violence against women refugee women and girls. “From words to action: #womensvoices call for European change” + Reunião do Observatório [Bruxelas]

Em novembro de 2016, o Observatório acolheu a iniciativa da Wide + Feminists transforming Economic Development: “European Strategy and advocacy workshop with refugee and migrant women”, na qual Isabel VENTURA. Esta iniciativa coincidiu com a primeira reunião de peritas do OVAW em que participou.

 

 

Malcare WordPress Security