Protestos de negro vestidas – direitos das mulheres na Polónia sob grande ameaça

As organizações de mulheres na Polónia e na Europa estão a reagir fortemente contra a decisão tomada pelo Parlamento polaco em 23 de setembro de avançar com um projeto de lei que visa introduzir uma proibição quase total do aborto. Além disso, o Parlamento polaco decidiu – sem qualquer debate – rejeitar a proposta avançada por organizações de direitos das mulheres para amenizar a legislação em vigor sobre o aborto, que já é uma das mais restritivas da Europa. O Parlamento polaco parece estar a ignorar completamente as vozes das organizações de direitos das mulheres na Polónia e no estrangeiro, que se levantam para defender os seus direitos humanos básicos a tomar decisões sobre as suas próprias vidas.

Se for aprovada, esta lei apenas permitirá a interrupção precoce da gravidez numa única situação: se a vida da mulher estiver em risco e for necessário para salvá-la. Membros da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres protestam em solidariedade com as mulheres polacas!