EUROACE_Viogen

EUROACE_Viogen: Cooperação transfronteiriça no combate à violência de género contra as mulheres

Objetivo: Melhor a intervenção e a proteção de vítimas de violência de género através da implementação de mecanismos de cooperação e colaboração entre os dois países, bem como o desenvolvimento de instrumentos inovadores de cooperação transfronteiriça.

Atividades:

  1. Diagnóstico, identificação e desenvolvimento de ferramentas inovadoras: elaboração de estudo comparativo, identificação de ferramentas inovadoras mediante a realização de 3 jornadas transfronteiriças entre profissionais de vários setores e criação de um laboratório transfronteiriço de inovação social online sobre o combate à violência de género e a proteção de vítimas de violência de género
  2. Capacitação de profissionais que prestam apoio a vítimas de violência de género através de ferramentas inovadoras especializadas online: implementação de uma rede online de profissionais para a partilha de experiências, disponibilização de informação em matéria de igualdade entre mulheres e homens e desenvolver conhecimento no âmbito da prevenção da violência de género; desenvolvimento de uma experiência piloto de um curso de formação online transfronteiriço especializado na prevenção e no apoio a vítimas de violência de género – este curso será desenvolvido através de um grupo de trabalho formado também por membros da academia; reforço das competências do pessoal do sistema de saúde através da implementação de um curso transfronteiriço de atendimento a vítimas de violência de género baseado em estudos de caso;
  3. Desenvolvimento de um protocolo de cooperação e de mecanismos de cooperação transfronteiriça sobre proteção e segurança para vítimas de violência de género: desenvolvimento do protocolo-tipo de cooperação transfronteiriço através de um grupo de trabalho entre profissionais de vários setores de ambos os países; desenvolvimento de mecanismos de gestão de casos entre os 2 países a fim de melhorar a intervenção e evitar a revitimação, nomeadamente através da adaptação de uma plataforma informática e do aumento da base de dados de ambas as regiões;
  4. Educação para a prevenção da violência de género: definição de um protocolo educativo participativo sobre a prevenção da violência de género, elaborado com base em encontros presenciais e online com profissionais das comunidades educativas (docentes, discentes, associações de mães e pais e a administração regional do setor); desenho de uma campanha de informação sobre a violência de género dirigido à população jovem bem como implementação de ações de informação junto de docentes do ensino secundário de ambas as regiões fronteiriças.

Resultados esperados:

  • Estabelecimento de uma rede transfronteiriça de combate à violência de género visando o reforço da proteção das vítimas;
  • Fortalecer as organizações de ambas as regiões fronteiriças no âmbito da prevenção e do combate à violência de género, através de ferramentas inovadoras e online;
  • Contribuir para a capacitação de profissionais que prestam apoio e proteção às vítimas de violência de género, nomeadamente através de ações formativas, e criar redes entre profissionais de ambos os países a fim de melhorar a cooperação entre esses e essas profissionais;
  • Conscientizar a população jovem e a comunidade em geral em matéria de igualdade de género e de combate à violência de género.

Entidade promotora: Instituto de la Mujer de Extremadura

Entidades parceiras: Secretaria General de Educación, de la Consejeria de Educación y Empleo de la Junta de Extremadura; PpDM

Duração: 2017 a 31 de dezembro de 2019

interreg