“A ideologia dominante está presente em todo o lado, é preciso denunciá-la e desconstruí-la” - Ana Coucello.

“A ideologia dominante está presente em todo o lado, é preciso denunciá-la e desconstruí-la” - Ana Coucello.

Dia 9 de Setembro decorreu no Centro Maria Alzira Lemos – Casa das Associações, em Lisboa, o encontro de mulheres candidatas às Eleições Autárquicas de 2013. No evento estiveram presentes candidatas a Presidência de Câmara e cabeças de lista a Freguesias de diversos partidos políticos, mesmo independentes, e diferentes pontos do país que se propuseram a debater os porquês da ainda fraca participação política das mulheres e encontrar soluções para uma maior cidadania activa no feminino. O debate foi moderado por Alexandra Silva, vice-presidente da PpDM e contou ainda com a contribuição de Ana Coucello, ex-Presidente da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres e da Associação de Mulheres da Europa Meridional, e Margarida Marques, membro fundador da Aliança para a Democracia Paritária e membro da Direcção da Plataforma, bem como Nora Kiss e Sílvia Vermleho da Direcção da REDE de Jovens para a Igualdade. Entre outras questões, discutiu-se o parco acesso das mulheres à discussão política/pública, principalmente em zonas rurais onde impera um maior conservadorismo e onde devido ao isolamento geográfico a exposição a informação relevante é menor; a relutância em tomar a palavra, muitas vezes sentida pelas mulheres, sobretudo menos politicamente experientes e o potencial retorno ao tradicionalismo, impelido pela situação de crise económica. No final, ficou ressalvada a importância de uma aposta na educação para a formação de cidadãs e cidadãos conscientes, a importância da cooperação feminina como forma de cimentar o papel das mulheres na política e a necessidade de criação de políticas públicas dirigidas a todos e todas para a salvaguarda da plena Democracia. Agradecemos a todas as candidatas presentes e fazemos votos para que deste encontro novas ideias e sinergias venham a surgir.