Mulheres na região EUROMED

Apesar do progresso em matéria de igualdade entre mulheres e homens na região EuroMed, a violência contra as mulheres persiste enquanto fenómeno comum nas esferas pública e privada, as mulheres continuam sub-representadas nos cargos de tomada de decisão política e as taxas de atividade e de emprego das mulheres continua a ser das mais baixas do mundo. Há, ainda, trabalho por fazer no que respeita aos códigos penais e direito das famílias, por forma a ser garantida a cidadania e plena participação das mulheres na região EuroMed.