A área das novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) é aquela na qual se perfila a maior concentração de ofertas de emprego na Europa num futuro próximo e também aquela em que, paradoxalmente, não existirão recursos humanos suficientemente qualificados para as necessidades. Acresce que é, também, a única área na qual o envolvimento das raparigas em termos de estudos e carreira profissional tem estado a decrescer na Europa, e em Portugal também, conforme vários estudos realizados. Por outro lado, a utilização que mulheres e homens fazem da internet é diferente, importando contrariar a utilização passiva da internet por parte das mulheres, promovendo uma utilização activa em que as mulheres são criadoras da Internet.

O mais recente relatório sobre cibercompetências (e-skills) em Portugal prevê que em 2020 faltarão cerca de 15 000 profissionais qualificados na área das TIC. Esta carência estende-se a nível mundial, e na Europa estima-se faltarem atualmente cerca de meio milhão de profissionais nesta área. As TIC constituem assim uma oportunidade para as jovens mulheres aplicarem a sua criatividade em novos modelos de trabalho e emprego. Estes modelos colocam desafios que estimulam as competências de aprendizagem e interação social, e atualmente, muitas empresas e organizações incentivam já a empregabilidade de mulheres em posições de topo, tendo vindo a demonstrar melhorias inclusivé no desempenho. Apesar das muitas vantagens, e do uso crescente da tecnologia em todas as áreas, muitas raparigas nem consideram a possibilidade de uma carreira em TIC.

Neste contexto, o Digital Leadership Institute, a CISCO Portugal, e a Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres dinamizaram uma sessão dirigida a jovens raparigas portuguesas no âmbito das TIC no maior evento da Comissão Europeia sobre a Agenda Digital que, neste ano de 2015, decorre em Lisboa co-organizado com a Fundação para a Ciência e Tecnologia entre 20 e 22 de Outubro, denominado “ICT 2015 Innovate, Connect, Transform”.

A sessão denominada “Ada 200: 200 Years of Outstanding Women in ICT in Europe – Ada 200: 200 Anos de Mulheres Extraordinárias nas TIC na Europa”, decorreu hoje, dia 21 de Outubro.  As jovens vieram da Escola Básica e Secundária Professor Reynaldo dos Santos (vfx)! As mentoras vieram de várias empresas ligadas às TIC e STEM.

E quando estavamos na “Women in tech booth” chegou o Comissário Carlos Moedas para cumprimentar o grupo das raparigas, quiça futuras ADA LOVELACEs!