O requisito democrático da paridade esteve uma vez mais ausente nestas eleições autárquicas!

Em 308 Municípios, foram eleitos presidentes 284 homens e apenas 24 mulheres.

Ou seja em cada 100 presidentes eleitos, 92 são homens e apenas 8 são mulheres.

Seria só ridículo se não constituísse um grave desequilíbrio democrático, um profundo desprezo pela efectiva realização de direitos políticos, como o direito a ser eleita, e mais um contributo dos partidos políticos para a descredibilização do nosso regime democrático.

E não terá chegado a hora de dizer, parafraseando Hubertine Auclert, “não decido, não pago”? O que é que “eles” andam a fazer com os meus impostos?

Destas 24 mulheres eleitas Presidentes de Câmara,
o PS elegeu metade: 12 em 149/150 (1 em coligação) ou seja, 8,0%;
o PPD/PSD elegeu 4 em 86/106 (20 em coligação c/ CDS) ou seja, 3,8%;
o a CDU elegeu 6 em 34 ou seja, 17,6%;
o e os grupos de cidadãs/cidadãos que não integraram coligações partidárias elegerem 2 em 11.

Évora, com 28,6%, e Santarém, com 23,8%, são os distritos com mais elevadas percentagens de mulheres eleitas Presidentes de Câmara.

Os distritos de Beja, Braga, Castelo Branco, Guarda, Leiria, Viana do Castelo, Vila Real, Viseu, dos Açores e da Madeira não elegeram qualquer mulher como presidente de câmara.

Cabe a Viseu, distrito com maior número de municípios em todo o País, o pior resultado de todos: nenhuma mulher em 24 municípios!

Eis os resultados por distrito:

AVEIRO (1/19 – 5,2%)
Anadia – Maria Teresa Belém Correia Cardoso (Independente)

BEJA (0/14)

BRAGA (0/14)

BRAGANÇA (2/12 – 16,7%)
Alfândega da Fé – Berta Nunes (PS)
Freixo de Espada à Cinta – Maria do Céu Quintas (PPD/PSD)

CASTELO BRANCO (0/11)

COIMBRA (1/17 – 5,8%)
Góis – Maria de Lurdes de Oliveira Castanheira (PS)

ÉVORA (4/14 – 28,6%)
Alandroal – Mariana Rosa Gomes Chilra (PCP – PEV
Arraiolos – Sílvia Cristina Tirapicos Pinto (PCP – PEV)
Montemor-o-Novo – Hortênsia dos Anjos Chegado Menino (PCP – PEV)
Mourão – Maria Clara Pimenta Pinto Martins Safara (PS)

FARO (3/16 – 18,7%)
Castro Marim – Filomena Pascoal Sintra (PPD/PSD)
Lagos – Maria Joaquina Baptista Quintans de Matos (PS)
Portimão – Isilda Maria Prazeres dos Santos Varges Gomes (PS)

GUARDA (0/14)

LEIRIA (0/16)

LISBOA (2/16 – 12,5%)
Amadora – Carla Maria Nunes Tavares – (PS)
Odivelas – Susana de Fátima Carvalho Amador (PS)

PORTALEGRE (3/15 – 20,0%)
Arronches – Fermelinda de Jesus Pombo Carvalho (PPD/PSD)
Nisa – Maria Idalina Alves Trindade (PS)
Portalegre – Maria Adelaide Franco Lebreiro de Aguiar Marques Teixeira (Independente)

PORTO (1/18 – 5,5%)
Vila do Conde – Elisa Ferraz (PS)

SANTARÉM (5/21 – 23,8%)
Abrantes – Maria do Céu Oliveira Antunes Albuquerque (PS)
Alcanena – Fernanda Maria Pereira Asseiceira (PS)
Constância – Júlia Maria Gonçalves Lopes de Amorim (PCP – PEV)
Rio Maior – Isaura Maria Elias Crisóstomo Bernardino Morais (PPD/PSD – CDS-PP)
Tomar – Anabela Gaspar de Freitas (PS)

SETÚBAL (2/13 – 15,4%)
Alcácer do Sal – Ana Isabel Paulino Chaves (PCP – PEV)
Setúbal – Maria das Dores Marques Banheiro Meira (PCP – PEV)

VIANA DO CASTELO (0/10)

VILA REAL (0/14)

VISEU (0/24)

MADEIRA (0/11)

AÇORES (0/19)