Direitos sexuais e reprodutivos

Segundo as Nações Unidas, a saúde reprodutiva é um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Em consequência, implica a capacidade de disfrutar de uma vida sexual satisfatória e sem riscos, bem como a capacidade de procriar e a liberdade de decidir se, quando e com que espaçamento se deseja ter filhas e filhos. Nesta se inclui o direito à informação e o direito de acesso a métodos contracetivos da escolha de mulheres e de homens.

Protestos de negro vestidas – direitos das mulheres na Polónia sob grande ameaça

  • img_2319
  • img_2305
  • img_2308
  • img_2311
  • img_2315
  • img_2317x
  • img_20161004_102717
  • img_20161004_102815
  • img_20161004_103150_1

Protestos de negro vestidas – direitos das mulheres na Polónia sob grande ameaça As organizações de mulheres na Polónia e na Europa estão a reagir fortemente contra a decisão tomada pelo Parlamento polaco em...

Mais

PpDM: Tomada de posição sobre a proposta de alteração ao PJL 790/XII/4.ª (Iniciativa Legislativa de Cidadãs/ãos) – Lei de apoio à maternidade e paternidade – Do direito a nascer, submetida pelos grupos parlamentares do PSD e CDS-PP, hoje, 16 de Jul. 2015

No entender da PpDM, as alterações propostas para o artigo 2º nº 2, alíneas c) e d) e nºs 3 e 4, bem como a proposta de revogação do nº 2 do artigo 6º,...

Mais