Ambiente

Os direitos das mulheres e as mudanças climáticas estão interligados. Mulheres e homens afectam e são afectados de maneiras diferentes pelas alterações climáticas e ambientais. De acordo com estudos já realizados, a emissão de carbono estará directamente relacionada com a desigualdade e, segundo o Instituto Europeu para a Igualdade de Género, as mulheres geram em média menos emissões de carbono do que os homens.

A persistência dos papéis tradicionais de género e as desigualdades que deles resultam, designadamente responsabilidades acrescidas na família, mercado de trabalho segregado por sexo e disparidades de rendimentos, geram também vulnerabilidades distintas para mulheres e para homens face aos efeitos das alterações climáticas.

PpDM na Marcha pela Justiça Climática, 12 dez.2015

  • Marcha-3
  • Marcha-4
  • Marcha-5
  • Marcha-6
  • Marcha-7
  • Marcha-8
  • Marcha-9
  • Marcha-13
  • Marcha-14
  • Marcha-15
  • Marcha-16
  • Marcha-17
  • MarchA-22
  • MarchA-24
  • MarchA-25
  • MarchA-26
  • MarchA-27
  • MarchA-28
  • MarchA-29
  • MarchA-30
  • MarchA-31
  • MarchA-32
  • MarchA-33

A 12 de Dezembro, no final da Cimeira de Paris COP-21, saímos à rua reivindicando respostas concretas e eficazes para a crise climática e ambiental global numa perspectiva de ecofeminismo: não pode haver justiça...

Mais